• Rods Dirtsamples

Rocky Dawuni - Beautiful People

Rocky Dawuni, o músico, compositor, produtor e ativista de Gana indicado ao Grammy acaba de lançar um novo vídeo para sua faixa "Beautiful People" de seu novo EP "Voice of Bunbon, Vol. 1 que explora a diversidade do som “Afro Roots”, assinatura de Rocky, fundindo tendências musicais modernas e tradicionais em Gana e em todo o continente. O EP é uma experiência sonora diversificada com canções que vão desde acústicos a hinos com batidas e explorações culturais utilizando aspectos de Afrobeats, Highlife, Reggae, Soul, Pop e música tradicional africana.


As palavras inspiradoras das músicas se concentram no amor, resiliência, fé, alegria e esperança. Percorrer o EP é um tema de empoderamento, incitando os ouvintes a pensar criticamente sobre questões atuais. Em linha com o tema do álbum de destacar a cultura indígena, Rocky lançou o EP com Uborr Wumbe Dawuni, chefe do Bunbon, norte de Gana em dezembro de 2020 em conjunto com seu festival anual Linujil.

Rocky aproveitou a oportunidade para gravar um novo vídeo com o diretor/cinematógrafo Slingshot com a ajuda de co-produção de Elorm Beenie e do produtor/fotógrafo Cary Sullivan para a faixa super otimista "Beautiful People" durante a celebração de lançamento para mostrar a beleza do Norte e suas pessoas. “O objetivo do vídeo é mostrar os costumes indígenas e a cultura tradicional em um momento em que nosso mundo precisa se reconectar com uma identidade que nos ancore em nossa natureza real. Esta também é uma declaração para focar em soluções baseadas na natureza e amplia a oportunidade para que a vida continue prosperando em nosso planeta.” Slingshot também gravou o vídeo super vibrante de Rocky, "Wickedest Sound", com a estrela do dancehall ganense, Stonebwoy.


“Beautiful People foi concebido como uma meditação sobre a beleza que está em todos os aspectos de nossa existência diária e escondida nas sutilezas de nossa experiência cotidiana. Ele explora como um profundo senso de apreciação e gratidão pode mudar nosso olhar para o reconhecimento de nosso poder pessoal e comunitário. A música celebra os sacrifícios que devem ser feitos para manifestar nossas esperanças e sonhos. Se essas intenções forem impulsionadas por uma missão de serviço para o bem comum, isso acabará por criar ondas de energia positiva que podem ressoar através das gerações”, acrescentou Dawuni.


CLIQUE AQUI PARA ASSISTIR O VÍDEO E BAIXAR MP3